sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Aluga-se uma vida!

Somos extremamente ingratos com a Vida! Nós, vizinhos invejosos da vida alheia, sempre enxergamos no outro uma existência melhor. Somos os injustiçados; os que nunca tem sorte. E a Vida aguenta nosso mal-humor.

Acordamos cedo maldizendo tudo e, muitas vezes, lamentamos a Vida. Ônibus lotado; o pior emprego do mundo; o tempo limitado; os afazeres que nunca cabem em 24h. Depois de um longo dia, nos maldizemos incapazes de nos reconhecermos vitoriosos. Nada é o bastante ;nada é uma palavra em ascensão.
Saímos batendo à porta; chutando a alegria para fora de nós; saímos com um destino que não é nosso; sempre achamos que estamos na vida errada. E a Vida nos ouve paciente e resignada.
Um dia, cansada de uma existência tão pouco reconhecida, a Vida se despede com olhos lacrimosos. Assim como uma mulher ferida, junta as vestes que nos cobre e diz até mais. Para alguns ,a Vida faz manha; para outros nem olha para trás. Aos poucos estamos sem ela. A Vida se vai!

Agora, onde ficam nossas desculpas e o gostinho de quero mais? É tarde! A Vida é frágil. Sofre calada. Ferida de tanto ser magoada, resolve que não dá mais. E isso nos faz perceber que a Vida não é de ninguém; é de todo mundo. Não queremos? Há quem queira! E a Vida continua em busca de quem a queira mais.

Textos com um pouquinho de lirismo: Luciana Rodrigues

16 comentários:

  1. sempre estamos reclamando de tudo , nunca satisfeitos , e pensar que estamos perdendo tempo e nossas vidas com coisas triviais e sem valor...
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Achei seu blog mt interessant e estou seguindo-o

    qnd pudr, de uma pssadinha no meu?

    bjoos

    e parabens pelo blog!!!


    http://cabecafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por seguir o blog!Estou seguindo tb o seu!bjs

    ResponderExcluir
  4. gostei do post e do blog

    tôh seguindo

    http://desdeocomeco-hatinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. A vida é efêmera demais para nos prendermos ao incerto e infeliz. Quando quisermos despertar, será tarde demais...
    Ainda bem que desse mal não sofro. Amo a vida e dou muito valor a ela.
    Texto muito bom!
    :D
    Por: http://quaddronegro.blogspot.com/2011/02/ao-som-do-silencio.html

    ResponderExcluir
  6. Nossa adorei... você disse bastante verdade em seu post. Um ótimo texto para refletirmos em tudo, nossa rotina, nossas dores, e exatamente o que você citou nossa vida. Só nos temos o poder de mudarmos ela, o começo já é o suficiente desde que cada um queira ardentemente.
    Beijinhos, te espero em meu blog
    http://bruuhloira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Parabens pelo blogger,estou seguindo vc'
    as vezes reclamamos tanto da vida q perdemos o mais importante..o momento que nao volta mais! :s

    olha o meu e se gostar me segue de volta? ficarei grata!

    http://minhavidaumamisturadecomediaedrama.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Lucas,Brunna e Rafaela,obrigada por terem comentado no meu blog!Olharei,com certeza,o blog de vcs!

    E vamos olhar sempre o lado bom da vida!

    bjs

    ResponderExcluir
  9. nossa, que texto é esse? Realmente você disse tudo, a vida sempre seguirá, sempre prevalecerá, mesmo para os que não a querem...


    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Obrigada Sandro!Fiz esse texto pensando no quanto a vida é importante!

    abraço

    ResponderExcluir
  11. A vida é muito curta para apenas reclamarmos e dizer que ela não é perfeita,mas só em podermos ter o prazer de acordar todos os dias e se deslumbrar com o simples fato de ter a vida como nossa companheira deveria nos bastar, no entanto é do ser humano "achar que a grama do vizinho é mais verde", porém basta saber rega-lá que a nossa será tão verde quanto a grama do vizinho.

    belo blog!!
    http://michellyraphael.blogspot.com/
    comente e siga!!
    bjus!!

    ResponderExcluir
  12. Sensacional a sua visão sobre o nosso pessimismo, a maneira que a nossa ingratidão pela vida vai nos deixando mais distantes dela.

    ResponderExcluir
  13. Michelly e Anna,obrigada pelos comentários e elogios!Voltem sempre!

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Meu nome é Karina Rodrigues, trabalho na produção online do Avesso, programa que mostra os bastidores da comunicação. Desenvolvemos parcerias com diversos blogs da área e gostaríamos de ter seu blog como nosso parceiro.
    Acesse www.avesso.com.br e assista aos nossos programas.
    Caso tenha interesse, por favor, entre em contato.

    Obrigada,

    Karina Rodrigues
    karina@avesso.com.br

    ResponderExcluir
  15. Temos que agradar a vida p/ que ela nos faça feliz,adorei o texto!Parabéns pelo post,bjkss.

    ResponderExcluir
  16. A vida e muito curta para vivermos lamentando,digo eu que não tenho tempo para quase nada,e o pouco tempo que tenho uso para aproveitar a vida,e os fofoqueiros perdem seu tempo falando da vida alheia e acabam esquecendo de viver
    parabéns pela matéria

    ResponderExcluir